Por onde começo o adestramento?

Por onde começo o adestramento do meu cachorrinho?

Quando temos um cachorro, queremos vê-lo fazendo truques fantásticos! Ou os mais simples como rolar, sentar, fingir de morto, dar a patinha, deitar, andar do nosso lado sem coleira. E se eles conseguem, o orgulho toma conta do dono, e ficamos felizes pelas tarefas serem compridas e promovendo a satisfação dele m ver seu dono satisfeito. Porém essas atividades tem um nome: adestramento. São comportamentos que se tornam hábitos por causa da repetição da ação, assim condicionando o comportamento habitual e cheio de confiança.

Os cachorros sã por sua vez da família dos lobos, e com isso tem em sua maior característica o comportamento de família, de cuidado, de atenção como se fosse em quem cuida da família. Como os lobos em sua matilha. Mas também pensando por este lado ou ele é o alfa e por sua vez acaba sendo o dominante, ou ele é o dominado que sabe que tem de obedecer ordens, e cuidar de todos mesmo sabendo que tem alguém a quem ele deve respeito e obediência. Então desde o princípio deixe claro para que ele entenda que é você quem manda, é você neste caso que é o “alfa”.

Como começar

Algumas atitudes são as primeiras para que tenha sucesso em começar seu adestramento. Deve-se por limite desde seu nascimento, e o treinamento para o adestramento ser bem sucedido deve começar com passos pequenos.

  • pequenos truques são o ponto de início, deve-se instigar a sentar segurando sempre um petisco ou algo que ele goste muito, faça movimentos com as mão fazendo que ele se sente, ou entenda o que ele deve fazer, e quando for feito agrade, com o petisco e o carinho. Isso fará com que não seja uma atitude cansativa, e muito menos desgastante, ele será agradado com a tenção do seu dono e com seu delicioso biscoito.
  • Já o truque da patinha, com uma mão você coloca a pata dele sobre a sua, repetidas veses ou com os dedos sobre o lugar que deve ser posicionado a patinha. Assim ele logo vai saber o que fazer, nunca esquecendo do agrado final.
  • quando quiser que ele se deite, vá devagar sinalizando até o chão com o petisco até que ele se deite, e ao final entregue. Porque assim ele vai entender que é isso que você espera que ele faça, mas o petisco deve ser dado só quando ele se deita. Assim ele vai saber o que ele deve fazer.
  • Agora se o animal, late demais, quer pode ser que ele seja um cachorro muito agitado, ou que ele esteja muito agitado. Assim você vai precisar de atividades, e tempo que requerem que você esgote a energia acumulada do seu pet. Isso pode ser passear, correr, pegar objetos, e quando ele ficar assim você deve portanto recriminar de forma que ele saiba que está sendo punido pelo excesso de barulho que ele está provocando sem necessidade.
  • outra coisa que acontece é que o seu amigo fique muito animado ou ver pessoas, isso acontece com cãezinhos que ficam muito tempo sozinhos. Mas você não quer que ele faça isso com todos, podendo por exemplo ser roubado, por ser agitado demais com a chegadas de pessoas novas no seu ambiente. Então quando isso acontecer pise em sua coleira e espere que ele se acalme, ou então jogue agua em seu rosto em sinal de que ele deve se segurar ao ver alguém. Será um sinal de repreensão para que ele entenda

Ambiente para o adestramento

fazer o adestramento do cachorrinho não é nada fácil para nós que não somos profissionais especializados. O mais comum acontece quando não temos condições de pagar um adestrador profissional é que nós tentemos de forma amadora adestrar de forma correta o nosso amigo. Nos cachorros por exemplo devemos preparar o local do treino, o horário, deve ter regras e ali na frente não ser o dono dele. Mas sim a pessoa que vai fazer com que ele faça aquilo que se pede, de forma correta e agradável.

Sentir-se bem

É indispensável que você saiba detalhes sobre seu cachorro, raça, temperamento, se são obedientes. Todo e qualquer animal em qualquer parte da sua vida pode ser adestrados, os cães de raça mista, os conhecidos como “vira-latas” são vistos por sua inteligência astucia e sagacidade. Então para começar vamos saber qual tipo de animal vamos treinar, pois cada um tem seu tempo de aprendizagem, uns mais rápidos outros de forma lenta mas extremamente corretos ao final da sua formação. E saber detalhes de raça e temperamento vão trazer um sucesso para tal ato.

Procure estar em um local que ele não se perca, a atenção com distrações, se o animal estiver desatento, ou encantado com o ambiente, sua concentração estará falha, e mais difícil será para que ele escute e obedeça aos comandos. Um local tranquilo, e sm muitas novidades ou coisas chamativas e coloridas são um bom lugar para iniciar a formação, é importante que ele brinque antes de treinar, e gaste sua energia acumulada, para ão estar com tamanha agitação enquanto recebe os comandos, tal agitação pode interferir muito no sucesso de cada dia em seu treino.

As dificuldades

se seu pet for um filhote, antes de começar tem que respeitar toda a primeira fase de adaptação e conhecer o ambiente. Como sabemos esse período as atitudes deles, costumam não seguir bem nossas expectativas. Como por exemplo o local certo de fazer xixi e coco. Mas com calma paciência e atenção ele vai aprender a fazer tudo conforme você deseja. Brincar, correr, passear, é essencial para gastar toda aquela energia presa com os filhotes, não se esqueça da água limpa e fresca, e alimentação balanceada para a raça do filhote, e um lugar confortável para que ele possa descansar e se sentir em casa.

Isso fará seu pet se sentir confortável com sua presença e também com o ambiente em que ele esteja, isso tudo é de mera importância para uma boa formação. A confiança no lugar que está, e em seu dono será a forma mais eficaz de se ter sucesso no seu adestramento amador.

Agora vá em frente e boa sorte!.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *